Atletismo

Clube Oriental de Pechão obtém quatro medalhas no Nacional de sub-18

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Clube Oriental de Pechão (COP) conquistou, este fim de semana, em Vagos, quatro medalhas – uma de ouro, duas de prata e uma de bronze – no Campeonato Nacional de sub-18.

PUBLICIDADE

A participar com 12 atletas, oito femininos e quatro masculinos, o grande destaque  do COP foi Etson Barros, que alcançou a medalha de ouro nos 2.000 metros obstáculos, com 5.46,11 minutos, marca que constitui um novo recorde nacional de juvenis, e a medalha de prata nos 1.500 metros, com 4.06,78 minutos, a escassos três centésimos do ouro.

Etson Barros prepara agora, tal como a algarvia Juliana Guerreiro, a participação no Campeonato da Europa de sub-18 de Pista, nos dias 6 (meia-final) e 8 (final) de julho, na Hungria.

Em Vagos, Pedro Dias conquistou a medalha de bronze nos 5.000 metros marcha com novo recorde pessoal e regional de iniciados (24.07,05) e, na mesma prova, Diogo Batista terminou no oitavo lugar, também com novo recorde pessoal (26.07,52).

A estafeta medley feminina, constituída por Érica Conceição nos 100, Denise Semedo nos 200, Inês Darias nos 300 e Telma Mendes nos 400 metros, obteve prata – a quinta medalha consecutiva desde 2014 -, a 39 centésimos do ouro, com o tempo de 2.22,39 minutos.

Destaque igualmente para o décimo lugar de Inês Farias (42,70) e o 14º de Telma Mendes nos 300 metros (43,47), ambas com recordes pessoais. Na prova de 5.000 metros marcha, Ana Catarina Mestre foi sexta classificada (27.49,41) e Ana Vicente 14ª (30.17,40). Já a estafeta 4×100 metros (Filipa Machado, Denise Semedo, Inês Farias e Érica Conceição) foi sétima com 51,24, Ana Catarina Mestre foi sexta no triplo salto (10,72 centímetros), Sofia Marques foi décima nos 2.000 metros obstáculos (8.08,03) e Alan Aguiar 14º (segundo da sua série) na prova dos 200 metros (23,65).

Coletivamente, as equipas feminina e masculina do COP obtiveram a décima posição entre 80 femininas e 86 masculinas.


Mais de Atletismo